quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Blog do AND de casa nova

Comunicamos a mudança de endereço do blog do Jornal A Nova Democracia para http://blog.anovademocracia.com.br. Solicitamos a nossos seguidores que se recadastrem no novo blog.

4 comentários:

José María Souza Costa disse...

Passei aqui lendo. Vim lhe desejar um Tempo agradável, Harmonioso e com Sabedoria. Nenhuma pessoa indicou-me ou chamou-me aqui. Gostei do que vi e li. Por isso, estou lhe convidando a visitar o meu blog. Muito Simplório por sinal. Mas, dinâmico e autêntico. E se possivel, seguirmos juntos por eles. Estarei lá, muito grato esperando por você. Um abraço e fique com DEUS.

http://josemariacostaescreveu.blogspot.com

Anônimo disse...

Fiquei feliz ao descobrir esse jornal. Acabei de voltar dos EUA bastante desgostosa pela infinita propaganda que eles fazem lá e no mundo inteiro a favor deles. Já estava desiludida pensando que não teríamos mais informações verdadeiras sobre as coisas do mundo e achei vocês. Espero não me decepcionar.

Anônimo disse...

Vejo claramente que os poderes federativos do brasil não não falam mais em projetos de mobilidade urbana como indutores de "distribuição de renda através de novos empregos, não debatem os grandes deslocamentos populacionais em direção às metrópolis. Outro dia ví a maior rede de TV dizer que os trabalhadores estão voltando para suas cidades de orígem. Não falam da tomada de posse do território urbano pelas massas. e gerenciamento e fiscalização dos serviços públicos pelo povo, como meio de resgatar a paz, sem violências. Ubaldo Ribeiro certa vez observou que o povo alemão fiscaliza tudo nas ruas, e age prontamente corrigindo até os transeuntes. Poderiam escrever algo desse tipo como mátéria neste jornal?

Anônimo disse...

Vejo claramente que os poderes federativos do brasil não não falam mais em projetos de mobilidade urbana como indutores de "distribuição de renda através de novos empregos, não debatem os grandes deslocamentos populacionais em direção às metrópolis. Outro dia ví a maior rede de TV dizer que os trabalhadores estão voltando para suas cidades de orígem. Não falam da tomada de posse do território urbano pelas massas. e gerenciamento e fiscalização dos serviços públicos pelo povo, como meio de resgatar a paz, sem violências. Ubaldo Ribeiro certa vez observou que o povo alemão fiscaliza tudo nas ruas, e age prontamente corrigindo até os transeuntes. Poderiam escrever algo desse tipo como mátéria neste jornal?